terça-feira, 17 de setembro de 2013

"O Coveiro" vence a 7ª edição do MOTELx



O coveiro de André Gil Mata, foi o grande vencedor da 7ª edição do MOTELx - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, tendo vencido o prémio Yorn MOTELx 2013 – Melhor Curta de Terror Portuguesa.

Segundo a organização, a curta vencedora foi escolhida, entre dez nomeadas pela sua "concepção extraordinariamente poética, cumprindo o melhor da tradição literária do horror", assim como a sua "composição técnica irrepreensível e de grande originalidade". Esta curta de animação de 14 minutos narra uma "história sobre marginais redimidos pelo amor e as estranhas criaturas da noite que povoam as trevas".

O vencedor recebe um prémio monetário de três mil euros e o Méliès d’Argent. O filme fica assim automaticamente seleccionado para o prémio Méliès d’Or Melhor Curta-Metragem Europeia, atribuído pela Federação Europeia de Festivais de Cinema Fantástico (EFFFF) e que é atribuído anualmente no Festival de Sitges (Espanha).
 
Além do grande prémio, o júri, constituído por Nuno Markl, Safaa Dib e Thierry Philips, atribuiu ainda uma menção honrosa à curta-metragem O Desespero, de Rui Pilão.


A 7ª edição do MOTELx decorreu entre quarta-feira e domingo nos cinemas São Jorge, em Lisboa.  

Sem comentários:

Enviar um comentário